Buscar
  • JPIC-CMF

Dia Internacional dos Migrantes

Celebrado a cada 18 de dezembro desde 1990 pelas Nações unidas, o Dia Internacional dos Migrantes busca destacar as contribuições dos cerca de 272 milhões de migrantes, incluindo mais de 41 milhões de pessoas deslocadas internamente (IDPs) e os desafios que enfrentam.



O evento examina uma ampla gama de temas de migração, tais como a coesão social, dignidade, exploração e solidariedade, para defender a migração guiada pelo princípio de que essa migração humana e ordenada beneficia os migrantes e a sociedade.

Para nós seguidores de Cristo, conforme, destaca o Papa Francisco:

as pessoas deslocadas proporcionam-nos esta oportunidade de encontrar o Senhor, «mesmo que os nossos olhos sintam dificuldade em O reconhecer: com as vestes rasgadas, com os pés sujos, com o rosto desfigurado, o corpo chagado, incapaz de falar a nossa língua» (Francisco, Homilia, 15/II/2019).

Segundo o papa, "é um desafio pastoral ao qual somos chamados a responder em quatro atos: "acolher, proteger, promover e integrar”. Pois , o migrante é:

M= uma Missão que deve ser cumprida com Misericórdia

I= estabelecendo a Intimidade com eles,

G= sendo Generosos,

R= considerando-os como um Regalo de Deus.

A= Amando-os e Acompanhando-os, N=deixando um espaço privilegiado para suas Narrativas,

T=levando em conta as inquietudes das suas Terras nativas e da Terra Mãe E=trabalhando junto em Equipe para um mundo mais fraterno e justo.


Que a celebração deste dia, seja para nós, uma oportunidade de abraçar esta nossa missão e trabalhar de fato para que cada pessoa, onde que estiver, se sinta acolhida, protegida, promovida e integrada. Que este dia seja uma ocasião para reafirmarmos a necessidade de construirmos pontes não muros.


Mbaidiguim Djikoldigam, Somi-JPIC CMF BR

  • w-facebook

© 2023 por Centro VIDA. Orgulhosamente criado com Wix.com